Brigitte Bardot contra Sarah Palin

Assim as duas aparecem na edição de hoje do conservador Daily Telegraph, de Londres (Foto EPA). E ontem este blog tinha sido alertado, através de comentário enviado por Roberto de Barros Benévolo (leia AQUI), para a carta da Fundação Brigitte Bardot, da França, à governadora do Alasca, Sarah Palin, candidata a vice na chapa de John McCain. O texto é em francês, mas aí vai uma tradução para o português, que pode ser comparada ao original (AQUI) e à versão inglesa (AQUI).

Fundação Brigitte Bardot
Paris, 7 de outubro de 2008
Madame Sarah Palin
Governadora do Alasca
Caixa Postal 110001
Juneau, AK 00811-001
USA

Há mais de dois anos entrei em contato com seu antecessor para denunciar a crueldade da caça aérea aos lobos do Alasca. Agora, estou chocada por saber que a senhora apóia, vigorosa e financeiramente, essa prática indigna, de uma covardia rara.

Suas medidas no sentido de que os ursos polares não continuassem na lista das espécies ameaçadas – para não serem mais protegidos, ainda que ameaçados pelo aquecimento global – demonstram sua total irresponsabilidade, além de incapacidade para proteger ou simplesmente respeitar a vida animal. Mas também é verdade que para a senhora um animal bom é um animal morto!

Ao fazer campanha pela perfuração de poços de petróleo no Refúgio Nacional Ártico para a Vida Selvagem, a senhora coloca ainda em perigo um habitat já fragilizado, como também toda a biodiversidade de uma zona sensível que devia, absolutamente, ser preservada.

Governadora, ao negar a responsabilidade do homem pelo aquecimento global, ao fazer campanha pelo direito ao porte de armas e à prática de atirar sobre qualquer coisa que se mova, ao fazer numerosas declarações de alarmante tolice, a senhora cobre as mulheres de vergonha e representa, por si mesma, uma ameaça terrível, uma verdadeira catástrofe ecológica.

Defender a vida significa mostrar humanidade e compaixão por todos os seres que povoam esta terra doente. Já que só estamos aqui de passagem, por tempo limitado, pense no que estará deixando para as gerações futuras.

Para finalizar, faço um apelo para que não mais se refira a si mesma como “um pitbull de batom”, já que, posso assegurá-la, nenhum pitbull, nenhum cachorro, como nenhum outro animal, é mais perigoso do que a senhora.

Em nome do respeito pela Natureza e sua preservação, espero que a senhora seja derrotada nesta eleição. Desta forma, o mundo inteiro estará ganhando!

Brigitte Bardot, presidente

Feminismo e defesa do meio-ambiente

A governadora Palin, ainda jovem, talvez só conheça o nome Brigitte Bardot pela militância, extremada às vezes, em defesa dos animais. Provavelmente a carta não afetará em nada a campanha, ainda que os americanos mais velhos tenham visto os filmes dela, do final da década de 1950 à de 1970. BB de fato fez diferença no seu tempo de atriz – e ainda faz, com sua atual paixão pela causa a que se dedica há muitos anos.

 

Sou daquele tempo e respeito a militância dela (veja acima uma imagem característica de BB no passado). O que certamente não deve ser o caso dos extremistas dos talk shows do rádio e da TV nos EUA. Um deles, talvez também um dos mais ferozes, é Rush Limbaugh. Imagino as barbaridades que está dizendo sobre a doce BB, já que esse gorducho desbocado tem horror especialmente a duas coisas – feministas, que chama de feminazis (com a conotação de nazistas), e defensores do meio-ambiente, que despreza como econuts (como se não passassem de malucos ecológicos). (Leia AQUI crítica a um ataque dele às feminazis)

Como BB, desde que se aposentou como atriz, passou a ser um pouco feminista (antes, talvez fosse mal vista pelas radicais, por se deixar explorar como “objeto”) e defensora do meio-ambiente, tende a virar um dos alvos naturais dele (conheça AQUI o website da Fundação Brigitte Bardot). E a linha evangélica de Sarah Palin, apesar do esforço dela para herdar as eleitoras frustradas com a derrota de Hillary Clinton nas primárias, é perfeitamente afinada com a pregação de Limbaugh.

De qualquer forma, vale refrescar a memória dos mais velhos. Ao clicar a imagem abaixo do You Tube, os nostálgicos poderão reviver um pouco do tempo de BB.

Published in: on outubro 8, 2008 at 10:55 am  Comments (3)  

The URI to TrackBack this entry is: https://argemiroferreira.wordpress.com/2008/10/08/brigitte-bardot-contra-sarah-palin/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Com efeito, é uma tática bastante útil a um fascista associar seu adversário ao termo “nazismo”. O falso moralismo jamais será extinto.

  2. A revista francesa “Gala” publicou reportagem intitulada “Revue des people em rage contre le pitbull au rouge à levres”, relacionando outras personalidades que também criticam a Barbie esquimó, como a denominou Madona.
    A reportagem encontra-se na página
    http://www.gala.fr/l_actu/on_ne_parle_que_de_ca/madonna_p.diddy_les_stars_veulent_la_peau_de_sarah_palin_135855

  3. A página da reportagem saiu truncada; a correta é:
    http://www.gala.fr/l_actu/on_ne_parle_que_de_ca/madonna_p.diddy_les_stars_veulent_la_peau_de_sarah_palin_135855


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: