A guerra suja da campanha presidencial

Neste cartum de junho, Peter Brookes do Times de Londres, mostrava Hillary Clinton cobrindo Barack Obama de merda e John McCain com um balde maior para ampliar o serviço. Há algum tempo a gente sabia que Obama – ou, se preferirem, Barack Hussein Osama – foi “plantado” por terroristas muçulmanos para tomar o poder pelo voto (“o candidato da Manchúria”). Agora sabemos mais. Apesar de cumprir ordens do anticomunista Bin Laden, Obama é comunista. Pior: filho de comunista.

A espantosa revelação foi feita ontem pelo blog Astute Blogger (veja AQUI), que se dá ao luxo de expor as provas: a foto de Obama entre as do pai comunista – Frank Marshall Davis, de Chicago – e a do pai africano, o Obama do Quênia. Qual dos dois parece mais com o candidato? – pergunta ele. Como a mãe era branca (veja-a acima, ao lado do filho ainda pequeno) e na foto do Astute o pai africano é bem mais negro, alguém pode até achar que faz sentido: seria o outro, mais claro.

A esse nível desce a banda podre da campanha presidencial americana. Antes, blogs e talk-shows ultraconservadores já disseminavam mentiras (como registrei anteriormente AQUI), entre elas a de que Obama é estrangeiro e sequer tem certidão de nascimento. A certidão está reproduzida no website dele (veja AQUI, entre outros desmentidos), mas a versão mentirosa continua a ser repetida à exaustão. E a cada dia surgem mais mentiras.

Dos blogs ao Times de Londres

O lado pitoresco da história do pai comunista de Obama é que o blogueiro que a dissemina alega ser uma represália contra os que divulgam fofocas e intrigas sobre a governadora Sarah Palin, candidata a vice na chapa republicana de John McCain. Os alvos declarados por ele são os blogs do conservador (e gay) Andrew Sullivan (Daily Dish – veja-o AQUI) e do liberal Markos Moulitsas (Daily Kos – veja-o AQUI), um dos mais bem sucedidos e atuantes na oposição ao governo Bush.

Eles têm veiculado muita coisa sobre Palin. E entraram na questão sensível que chegou a ganhar destaque ontem, antes da declaração oficial da governadora Palin, até no Times de Londres (leia AQUI). Sugeria-se que o quinto filho da candidata a vice de McCain – Trig, um bebê com síndrome de Down, nascido este ano – é na verdade da filha mais velha dela, Bristol, solteira e menor (17 anos).

Nos redutos liberais – como a Nova York do Sex and the City, ou Califórnia e Massachusetts – seria questão menor. Mas não para a governadora evangélica, à caça dos votos da direita cristã. Como havia fotos de Palin grávida, comparava-se o caso ao de Bree Hodge, personagem da série de TV Desperate Housewives (Laura Bush uma declarou adorar essa série), que simula gravidez com barriga postiça e esconde a filha fora da cidade durante meses.

Quando a verdade constrange

Ontem, finalmente, a candidata a vice resolveu por fim à exploração blogueira. Não confirmou as versões grotescas disseminadas pela Internet mas revelou que fora informada pela filha Bristol de que está grávida de cinco meses e planeja casar com o pai do bebê. Garantiu que a família está unida e Bristol cercada pelo apoio e carinho de todos. (Supõe-se que as igrejas evangélicas serão compreensivas.)

A história é um pouco diferente do sugerido em blogs, mas o Daily Kos e o Daily Dish não cometeram os excessos atribuídos a eles. De fato são irreverentes e têm falado muito de Palin. Recolheram, por exemplo, antiga declaração dela de que se o Pledge of Allegiance (juramento à bandeira) era suficientemente bom para os pais fundadores, “é bom para mim também”. Ora, explicou Kos, o Pledge só se tornou oficial em 1942, bem depois de McCain nascer.

No Daily Dish, Sullivan disse ter perguntado nove vezes a Steve Schmidt, da campanha de McCain, se o candidato conversou com Palin sobre a gravidez da filha ANTES da escolha dela para vice. Não teve resposta. E o blog divulgou resposta de Palin, há tempos, a outra pergunta: ela declarou apoiar o financiamento de programas favoráveis à abstinência sexual antes do casamento; e rejeitar programas de educação sexual, clínicas nas escolas e distribuição de anticoncepcionais.

Vem aí a receita “William Horton”

Fica claro, por esse conjunto de dados sobre Obama e Palin que o candidato democrata é alvo de difamação, o que não acontece com a vice de McCain, por mais que os blogs tenham invadido a vida privada dela. Na fase das primárias destaquei os comerciais sórdidos de Hillary Clinton, de inspiração macarthista, contra Obama. Na convenção ela afinal declarou apoio ao indicado do partido. Mas McCain ressuscita agora todos aqueles ataques da ex-primeira dama.

Ao final da convenção democrata de 1988, o indicado pelo partido, Mike Dukakis, tinha vantagem de 17 pontos percentuais sobre o adversário republicano, o primeiro George Bush. O marqueteiro Lee Atwater, mestre de Karl Rove, disse então ao filho dele, atual presidente, que para derrotar Dukakis o pai tinha de autorizá-lo a usar os comerciais (já prontos) sobre o negro Willie Horton, que fugira da prisão, estuprara e matara uma mulher branca.

Até então, eram os mais sórdidos da história eleitoral do país. Culpavam Dukakis pelo crime de Horton. Com um mês no ar, os comerciais inverteram a tendência. Rove aprendeu a lição e em 2004 usou os comerciais Swift Boat e dois livros, que transformaram John Kerry, herói de guerra, em traidor, e o desertor Bush em herói militar. A receita para Obama é igual (saiba mais AQUI). Os livros estão na rua. O bombardeio começa agora e irá até novembro. (Clique abaixo para ver de novo o comercial Willie Horton)

Anúncios
Published in: on setembro 2, 2008 at 4:32 am  Comments (3)  

The URI to TrackBack this entry is: https://argemiroferreira.wordpress.com/2008/09/02/a-guerra-suja-da-campanha-presidencial/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. EU ESCREVÍ HÁ ALGUM TEMPO ATRÁS, QUE O MEU PAI FALAVA QUE OS AMERICANOS ( AMERICANOS ) ERAM IDIOTAS MEIO QUE INFANTIS. OS EUA, CUJO POVO QUE TAMBÉM É PRÁTICAMENTE DESACULTURADO, FICA SUJEITO A CHUVAS E TROVOADAS. FOFOCAS, NORMALMENTE GRAÇAM E COLAM EM CÉREBROS ATROFIADOS. SALAFRÁRIOS SÃO OS QUE ESTÃO SEMPRE POR DETRÁS DESTAS FOFOCAS !!! PROFISSÃO DÊLES: MENTIROSOS DE CARTEIRINHA. COM A MÍDIA NA MÃO FICA TUDO MAIS FÁCIL.
    O B A M A NÊLES.

  2. Chains of habit are too light to be felt until they are too heavyto be broken.WarrenBuffetWarren Buffet

  3. […] maior façanha de Atwater, já citada antes neste blog (veja AQUI, inclusive o comercial Willie Horton), foi o golpe sujo que ajudou a instalar o primeiro George […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: