Os democratas contra o império Murdoch de mídia

Deve ser um consolo para a grande mídia brasileira, inutilmente dedicada há três anos (desde 2005) à campanha do impeachment do presidente Lula: o império do magnata Rupert Murdoch (em especial a rede Fox e seus penduricalhos FNC, rede de cabo dedicada a jornalismo 24 horas; e Fox Business, criada para derrubar a CNBC, da GE, com a ajuda da Dow Jones) está em plena campanha eleitoral. (Conheça AQUI o website da FNC, com o jornal nacional diário Special Report With Brit Hume; e AQUI, a Fox Bussiness e sua estrela Neil Cavuto entrevistando McCain – depois de um comercial).

Há gente que acha o jornalismo de Murdoch um horror. Injustiça. O nível não desce ao oferecido pelas organizações Globo – que dariam lições a Murdoch com a fraude ProConsult (1982) e a falsificação do debate Lula-Collor (1989). E mais: a Fox finge ser fair and balanced (honesta e equilibrada), seu slogan; a Globo finge não ter qualquer concorrente (no passado até fez guerra ao controle remoto).

Ontem, enquanto o âncora Tim Russert entrevistava no “Meet the Press” da rival NBC o democrata Barack Obama (entrevistado na semana anterior no “Fox News Sunday”), o âncora da Fox, Chris Wallace, interrogava o presidente do Partido Democrata Howard Dean e os ex-presidentes Joe Andrew (hoje com Obama) e Terry McAuliffe (atualmente presidindo a campanha de Hillary Clinton). (Veja AQUI entrevistas anteriores no programa de Wallace)

“Boicote foi a coisa certa”

Três democratas e nenhum republicano no principal programa político semanal da Fox? A tendência normal da Fox (e da Fox News, FNC) é 8 a 2 a favor dos republicanos. Daí porque Wallace, já na abertura, achou que devia dar alguma explicação. “A grande imprensa se pergunta porque subitamente os democratas gostam da Fox. Discutiremos isso mais tarde com nossos colaboradores habituais”. (Conheça AQUI o programa de Wallace e veja a entrevista de Obama em três partes)

A discussão veio, de fato, mas não passou de abobrinha. A mesa de debate com os quatro do grupo que a FNC e a Fox chamam de “Fox All-Stars” – Bill Kristol, Brit Hume, Mara Liasson e Juan Williams – fez apenas aquilo que no velho jornalismo brasileiro era chamado “Oba Oba”, a partir de um slogan da Gazeta Esportiva de São Paulo: “Oba Oba, isto sim é que é jornal”.

Os democratas estariam voltando ao perceber que a Fox é importante demais para ser subestimada? Nada disso. Os democratas, na verdade, pararam de falar à Fox ante a hostilidade encontrada ali – e a decisão foi tomada no ano passado, após o único debate havido entre eles nessa rede. Só Hillary Clinton continuou prestigiando Murdoch, que a apoiou até com dinheiro nas primárias de Nova York.

No “Fox News Sunday” de ontem Wallace trouxe mais informações sobre a rixa. Ainda na entrevista de Dean, perguntou se o partido errou ao “boicotar os debates da Fox e os demais programas em 2007”. Dean foi firme: “Não. O que fizemos foi certo. Houve coisas no jornalismo de vocês chocantemente tendenciosas. Vocês erraram. Digo isso frontalmente. (…) Mas admito que não devíamos punir os telespectadores”.

Exorcizando o MoveOn

Depois, no debate-abobrinha com os “Fox All-Stars”, Wallace começou com um video-clip de McAuliffe, aliado dos Clinton, hoje à frente da campanha de Hillary, congratulando-se com a Fox. “Vocês foram os primeiros a dar a vitória a ela na Pensilvânia. A Fox, honesta e equilibrado, derrotou as outras”, disse ele. No video-clip seguinte foi a vez do governador da Pensilvânia, Ed Rendell, outro clintonista, dizer quase o mesmo.

Wallace afirmou, entre outra coisas, que o boicote democrata da Fox tinha sido liderado pelo candidato John Edwards, que “tentou criar uma briga conosco logo no início da temporada das primárias”. Na verdade, a Fox desencadeara campanha sistemática para ridicularizar Edwards, considerado muito esquerdista, a partir do pretexto inicial de que pagara uma fortuna por um corte de cabelo.

No desdobramento, com Edwards já fora da disputa, a Fox deslocou os ataques para outros alvos – grupos democratas como o MoveOn.org (clique AQUI para conhecê-lo), muito bem sucedido levantando dinheiro desde o complô republicano do impeachment de Bill Clinton; o ativíssimo website Daily Kos (AQUI); a rede radiofônica Air America, e outros. Mas a verdade é que, entre os democratas, o império Murdoch é odiado – hostilidade comparável à Globo-PT.

Dean e McCain, o Bush III

A exceção pode ser Hillary. Desde a primeira campanha para o Senado ela tentou aproximar-se do próprio Murdoch. E sua ida, há dias, ao agressivo talk show de Bill O’Reilly, maior audiência da FNC, ajudou a Fox, não a ela. Até por causa de um escorregão: ao ouvi-lo dizer, numa pergunta sobre imposto de renda da classe média, “não sou da classe média, sou rico”, ela assumiu: “Somos ricos. Que Deus nos abençoe. Nós merecemos todas as oportunidades”. (Veja AQUI, no You Tube, a fala dela e, em seguida, o comercial de Obama que explorou o escorregão).

O que ganharam os democratas Dean, McAuliffe e Andrew comparecendo ao “Fox News Sunday”? Numa campanha como a atual, com um candidato fraco como John McCain, a Fox prefere ter entrevistados democratas. Faz com eles o que o republicano não consegue. Chris Wallace passou ao ataque como se fosse o próprio McCain, acusando os democratas de distorcer o que ele diz ou fazer-lhe críticas injustas.

Na linha do jornalismo gotcha o âncora Wallace preparou armadilhas para cada entrevistado. Deu-se especialmente mal com Dean, ao insistir em que McCain não queria dizer o que disse quando prometeu ficar “100 anos no Iraque” ou quando alegou que “a economia americana está melhor, tivemos um período muito bom e próspero” no governo Bush. Dean o fulminou com dados da economia real – e fortaleceu a imagem de que McCain só tem a oferecer um terceiro mandato de Bush. (Veja AQUI Dean falar no You Tube do jornalismo da Fox, “chocantemente tendencioso”, depois clique nos trechos seguintes da entrevista).

Anúncios
Published in: on maio 5, 2008 at 12:34 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://argemiroferreira.wordpress.com/2008/05/05/os-democratas-contra-o-imperio-murdoch-de-midia/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: